<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=874462579305364&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Blog Piquiras

Publicado em 20 de Janeiro de 2016

Queijos do Mundo: Brie

esticado-blog2

 

O queijo Brie é de origem francesa, da região de Brie, e tem sido fabricado desde o séc. VIII sendo um dos mais antigos queijos deste país.

Antes de se tornar amado pelo povo já era popular e muito apreciado pela nobreza. Há várias centenas de anos atrás, o Brie era um dos tributos que tinham que ser pagos aos reis franceses. Segundo reza a lenda, um dos seus mais notáveis apreciadores era o Imperador Carlos Magno (séc. VIII-IX). Depois de ter provado este queijo, elegeu-o como seu prato favorito e nunca mais faltou na sua mesa.

Fabricados com leite de vaca, o brie tradicional apresenta-se no formato cilíndrico com 35 centímetros de diâmetro por 35 milímetros de altura e com um peso que varia de 2 a 2,5 kg. A sua crosta é branca e macia, formada pelo fungo fungo Penicillum candida.

De sabor delicado, considera-se em boas condições se estiver mole, mas sem escorrer. O seu sabor e textura se modificam de acordo com a sua maturação: os sabores mais suaves e as texturas mais macias são encontrados em peças com até trinta dias de maturação; para um sabor mais apurados e uma textura cremosa, são indicadas peças com mais de trinta dias.

Para melhor sentir a plenitude de seu sabor e aroma, deve ser retirado da geladeira 30 min. antes de ser consumido. Fica fantástico acompanhado de um bom vinho tinto. Pode ser consumido in natura, em tábuas de queijos, saladas, sobremesas e acompanhado de pães da alta qualidade e crackers.

 

Variedades do Brie

As duas variedades mais emblemáticas, ambas com denominação de origem, são o Brie de Meaux e o Brie de Melun.

O Brie de Meaux tem uma textura macia, mas firme (sem derreter) com crosta branca e macia. Quando está bem curado o sabor é forte, mas não picante.

O Brie de Melun tem sabor mais pronunciado sendo um pouco mais salgado. Quando curado tem aroma penetrante, sabor forte e a textura quase derrete. A crosta torna-se mais rala e a casca adquire tons avermelhados e odor amoniacal.

 

Os queijos franceses são famosos por sua qualidade superior e sabores marcantes. Saiba mais sobre eles e suas características aqui.



regras de etiqueta à mesa